0

[livro] Saga Fundação – Isaac Asimov

asimov trilogia fundação

Apesar de ser um grande fã de ficção científica, este é um dos gêneros que menos tive contato do ponto de vista literário. Como no ano passado descobri que havia sido feita uma nova tradução dos livros da trilogia da Fundação, do mestre Isaac Asimov, resolvi sanar esta falha de caráter e não me arrependi.

Considerado como um dos maiores mestres da ficção científica hard (na qual temos princípios científicos reais na trama), Isaac Asimov publicou mais de 500 livros (como autor ou editor). Seus trabalhos mais famosos são classificados em três grandes séries: a série Robôs, a série Império Galáctico e a série Fundação. Inclusive, quando escrevia os livros da série Fundação, Asimov resolveu conectar todas as suas histórias, de maneira que todas elas pertencessem ao mesmo universo ficcional. Valendo-se do conhecido recurso de retcon, diversos detalhes de suas histórias foram modificados, para que se relacionassem intimamente.

A Saga Fundação é composta de 7 livros, sendo que até o momento apenas os 4 primeiros foram republicados (a tradução anterior baseava-se no texto original, esta nova tradução baseia-se já no texto alterado, que unifica todo o universo asimoviano). São eles (em ordem de publicação): a trilogia Fundação original, com os livros Fundação, Fundação e Império e Segunda Fundação; duas sequências: Limites da Fundação e Fundação e Terra; e duas prequências: Prelúdio da Fundação e Crônicas da Fundação.

A trilogia Fundação é bem sui generis: ao invés de termos pessoas como personagens principais ativos, temos uma organização neste papel. Tudo começa quando Hari Seldon, o maior psico-historiador de todos os tempos, descobre através dos cálculos matemáticos da psico-história que o grande Império Galáctico (vocês acham que George Lucas tirou esse nome de onde? 😀 ), com seu quintilhão de habitantes espalhados por toda a galáxia, estava em processo cada vez mais acelerado de decadência, o que iria culminar em sua destruição em poucos séculos. Em seus cálculos mais pessimistas, depois de 14 mil anos de existência, a queda do Império resultaria numa época de anarquia que duraria 30 mil anos antes que um novo império surgisse de seus escombros.

A queda do Império era inevitável, mas Seldon percebeu que, se agisse depressa, poderia reduzir o interregno para apenas mil anos. Para isso, ele criou a Fundação: um grupo de cientistas e historiadores dedicados a criar a Enciclopédia Galáctica, uma compilação de todo o conhecimento científico da Humanidade. Exilados no planeta Terminus, situado na borda exterior da galáxia, a Fundação começa a trabalhar para que o Plano Seldon torne-se realidade.

Vocês acham que tudo que falei é um spoiler dos brabos? Pois saibam que isso é apenas o primeiro capítulo do livro. A narrativa é saltada: entre um capítulo e outro podem se passar anos, até mesmo décadas ou séculos. Personagens morrem e outros assumem seus legados, mas a Fundação permanece.

No estilo característico de Asimov, praticamente toda a ação ocorre através de diálogos, há poucas cenas de batalha descritas. Isso imprime um dinamismo às histórias, além de uma leveza, que faz com que a leitura flua rapidamente.

Limites da Fundação, a primeira sequência, já segue uma narrativa mais convencional, acompanhando a história de Golan Trevize, exilado de Terminus por questionar a existência continuada do Plano Seldon. Junto com o professor de História Antiga e mitologista Janov Pelorat, eles partem numa missão: encontrar o planeta de origem da Humanidade, a Terra. Bem, pelo menos essa é a versão oficial…

Ficam faltando os três últimos livros, que ainda não foram republicados. Eu até poderia comprá-los em sebos, mas aí a estante ficaria feia, com livros destoando em seus projetos gráficos…

Para quem gosta de ficção científica, Asimov é leitura obrigatória. Pode ler sem medo, Fundação é muito bom.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.8/5 (5 votes cast)
[livro] Saga Fundação – Isaac Asimov, 4.8 out of 5 based on 5 ratings
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Se você gostou desse post deixe um comentário ou assine o feed RSS para ter todo conteúdo no seu leitor de feeds favorito ou receber por email.

Vinícius Cordeiro

“And all I ask is a tall ship and a star to steer her by” – John Masefield

More PostsWebsiteTwitter

 

Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home4/panthro/public_html/livrese/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273